fbpx
Streaming

Tudo que precisamos cuidar para o Sucesso do nosso Streaming A importância do Planejamento e do Check List nas Lives

Blackmagic 2 anos

Tudo que precisamos cuidar para o Sucesso do nosso Streaming

A importância do Planejamento e do Check List nas Lives

Neste post vamos falar de uma forma genérica de todos os pontos (espero que todos mesmo) que devemos cuidar para o sucesso do nosso evento; em posts futuros vou procurar detalhar mais cada um deles.

O sucesso do streaming começa muito antes da data em que ela foi programada para ir ao ar.

Mais importante que os equipamentos a serem utilizados, é o planejamento anterior com a maior riqueza de detalhes que for possível.

Muitas ocorrências de suporte técnico ocorrem justamente no momento, ou minutos antes do cliente iniciar uma Live, muitos dos desafios que são enfrentados poderiam ser evitados com um planejamento e um check List prévios.

Alguns itens primordiais para o nosso planejamento do streaming:

  • Quantas câmeras serão utilizadas ?
  • Teremos pontos de luz  ou usaremos baterias ?
  • Se usarmos baterias , qual a autonomia delas ? As câmeras gravarão também ou apenas usaremos a saída de vídeo para o switcher ? (Disto depende o cálculo e quantas baterias deveremos preparar com antecedência). Cuidamos para que elas fossem carregadas?
  • Qual o tipo de cabeamento ? E a distância que cada câmera terá do switcher ?
  • Os cabos precisam ser testados e nunca será demais levarmos cabos reservas.
  • Quantos microfones serão utilizados ? Qual a autonomia da bateria dos microfones ?  Estamos levando pilhas extras?
  • Que tipo de switcher utilizaremos?
  • Dimensionamos as fontes de alimentação para todos os equipamentos ? Levaremos estabilizadores / Nobreaks?
  • Temos adaptadores de tomadas reservas ?
  • Temos réguas de alimentação reservas ? Dê preferência para as réguas com fusível.
  • Terá internet no local ? Convém testar com antecedência a velocidade de upload  e se não há grandes oscilações internet.
  • Internet à cabo é sempre melhor do que Wifi.
  • Nunca é demais ter em mãos um Modem 4G para o caso da Internet local falhar (há várias empresas de locação de moedas 4G, com velocidade de dados ilimitada, por um custo que compensa a Segurança que teremos no que se refere ao nosso evento acontecer.
  • Outro ponto que muita gente esquece é que alguns palestrantes poderão trazer o próprio laptop para o local,  e precisamos saber exatamente como faremos:
  • O laptop será ligado fisicamente ao switches ou utilizaremos recursos NDI ?
  • 1) se o laptop será ligado diretamente ao switches via hdmi (precisará ter resolução compatível com o switcher)
  • Caso não tenha sempre podemos utilizar um plano B, que seria termos sempre um laptop compatível com o nosso switcher e solicitarmos uma cópia do powerpoint do palestrante, para seguirmos a sua apresentação.
  • Na última hipótese, podemos printar cada uma das páginas da apresentação, transformando-as em Jpeg para darmos play via computador.
  • E quanto às artes ? É bom produzi-las com bastante antecedência, mas estar preparado para ter que editar algum G.C. no local (palestrantes às vezes são como visitas inesperadas que simplesmente aparecem sem serem anunciados previamente).
  • Além dos G. C’s  dos palestrantes é muito interessante produzir uma arte para o evento, para servir eventualmente como descanso de tela / intervalo.
  • O cliente pretende passar vídeos ? Eles foram editados e testados ? Como daremos play ? Via computador, Vt? Internet ? O melhor é saber com antecedência e ter um playlist em disco, perfeitamente testado.
  • Não devemos esquecer da importância do áudio..
  •  que mesa utilizaremos ? Quantos microfones ?
  • Você será o fornecedor do áudio ou dependerá de uma saída da Mesa de som principal ?
  • Primordial saber qual será a fonte de áudio para providenciar cabeamento adequado e testes com antecedência.
  • É muito comum recebermos apenas um L e R da mesa de som do local, precisamos estar preparados para isso quanto a conexões (minha mesa aceita cabo composto / P10 / XLR), é bom estar preparado para estas situações.
  • Outro fator que normalmente é deixado de lado é a necessidade de iluminarmos o ambiente sempre que possível, logo devemos pensar no tipo e quantidade de iluminadores / soft boxes…
  • Sabemos com antecedência para onde será transmitido o evento ?
  • a transmissão é para o Facebook / Youtube do cliente ? Ele possui as senhas ? Ele já possui canal no youtube ou tem a ilusão de que será criado na hora (um canal leva tempo para entrar no ar para poder fazer as primeiras transmissões).
  • Meus equipamentos foram devidamente testados ? switcher / encoders / computadores / placas de captura ?

Estes são alguns pontos importantes, que devemos ter em mente, independentemente do setup de equipamentos de transmissão que utilizaremos.

Nos próximos tópicos falaremos sobre setups de transmissão, desde o simples computador com placa de captura , uma câmera e software OBS até setups que envolvem transmissão multicam.

Aproveitando o assunto lembro que no próximo dia 30 no Seegma Day teremos uma palestra específica sobre streaming, além de muitos outros assuntos trazidos da última NAB.

Se você ainda não se inscreveu….  Acesse o nosso site  ou clique no link abaixo, nos vemos lá !

https://info.seegma.com.br/seegma-day-experience/

Curtiu a matéria? Deixe aqui seu comentário!
Marcos Oliveira

Marcos Oliveira

Economista formado pela PUC –SP e Tecnólogo em Processamento de Dados pelo Mackenzie.
Atua na área de vídeo , e Treinamento há mais de 20 anos.
Trabalhou em empresas como AD Digital e DRC , atua na Seegma Broadcast há 16 anos, respondendo por Suporte Técnico e Treinamento.